sábado, 14 de agosto de 2010

Amor platônico.


Deixei o tempo passar pensando no próximo passo, esperando um sinal que nunca veio.

Passava meus dias te observando. Tentando encontrar algo que me garantisse não sofrer.

Busquei respostas para tanto querer, porque meu coração escolheu amar você.


Tentei encontrar no silêncio, razões, motivos para te esquecer.


O que consegui foi amar ainda mais você.


Te entreguei meu coração não tem mais jeito, esse amor está cravado em meu peito.


Agora você se foi e não tive coragem de te olhar nos olhos e dizer "eu amo você".


Restou para mim a visão, sobre lágrimas, de um amor que eu não vivi.


Restou para mim, em minha mente, a impressão de um toque que eu nunca senti.


Restou o vazio, o silêncio e mais uma vez: solidão.


Ficou a angústia da incerteza: o que estará ele fazendo, por onde anda?


Se recorda de mim? Alguma vez fui importante para ele? Tive espaço em seu coração?


Será que ele sabe que eu somente queria, mesmo que uma vez, sentir o toque de nossas mãos?


Será que ele chegou a entender a imensidão do meu amor?

Ele jamais irá saber de minhas noites perdidas na angústia de estar com ele.

De minha esperança e minhas orações para que ele estivesse sempre bem e em segurança?

Será que sabe de minhas orações por ele?

Minhas amigas me dizem que eu gastei muito tempo, pensei e esqueci de agir.

Me escondi nas sombras, para não me ferir, e não imaginava que, tolamente, estava sofrendo mais ainda. Mas não posso advinhar teus sentimentos.

Agora você não está mais aqui, não posso te ver mesmo que por alguns poucos minutos.

Você se foi e eu fiquei ali parada chorando...Tentando preservar em minha mente teu rosto, teu sorriso, teu jeito de andar...

O que eu sinto por você é pra vida inteira, meu primeiro e único amor...

Estarei sempre pensando em você e sempre te desejando o melhor.

Você estará comigo em todos os momentos da minha vida, principalmente no silêncio.

Amor, muito amor é o que eu desejo pra você...

Talvez um dia eu consiga seguir...

Talvez, um dia, essa dor me abandone e me permita sentir novamente.

Talvez, um dia, tua ausência nem me faça sofrer tanto, afinal você nunca esteve comigo.

Talvez um dia eu entenda o significado de tudo isso...de tanto amor.

Nesse momento quero, apenas, que saibas que "eu amo você"! O quanto mudou minha vida sem, nem ao menos, ter participado dela.

O quanto trouxe, para a menina que vive em mim, de ilusão, de felicidade.

Vou sentir saudade de te ver passar, de ficar te olhando quando você não via.

Vou ficar com saudade do frio na barriga e da tremedeira que eu sentia quando você estava por perto.

Vou sentir saudade de desejar que você me dissesse "Oi!".

Vou sentir saudade de imaginar nossa conversa, seus olhos nos meus...

Vou sentir saudade de ouvir falar de ti, de sentir quando você estava chegando.

Vou sentir saudade de momentos que nunca vivemos, de emoções que nunca foram compartilhadas.

Sentirei saudade de você amor da minha vida...

Sentirei saudade de mim amando você...

Amo você! Tentei te dizer, mas só consegui chorar enquanto você ia embora para sempre da minha vida.

Leni Silva

Nenhum comentário: