sábado, 17 de janeiro de 2009

Filho (Para Perla e Gabriel)

Te espero a nove meses.
Há nove meses te sinto em mim.
Há nove meses você vive em mim.
Há nove meses sonho com teu rosto, com quem pareces?
Há nove meses vivo essa emoção, esse momento mágico.
Como anseio tua chegada.

Ao mesmo tempo que sou levada pela dor que me causará essa separação de você em meu entre, desejo olhar teu semblante, tocar teu corpinho macio, te embalar em meu colo, em meu peito.
Filho, te amei mesmo antes de seres concebido. Te amei mesmo antes de eu nascer.

Venha trazer para o meu mundo todas as dores, todas as angústias, desespero, noites mal dormidas, mas jamais perdidas e mal vividas porque você estará nelas.
Venha trazer para o meu mundo todas as alegrias, todas as festas, comemorações, participações, ilusões, todas as cores perfeitas do arco-iris.
Venha filho eu te aguardo e prometo ser para você nada menos que tudo
.
Faço uma prece todas as noites, desde o momento em que decide ter você: "Senhor permita que eu aja com sabedoria, permita que eu saiba guiar, permita que eu seja tolerante, permita que eu o ame sobre todas as coisas, permita que perdoar seja nossa palavra de ordem, permita que eu saiba ser, além de mãe, sua amiga, permita que eu saiba dizer não no momento certo, permita que eu saiba deixá-lo partir no momento certo, permita que eu seja para ele nada menos que tudo, permita que ele compreenda minhas broncas, meu desespero, permita que ele siga o teu caminho e nunca se perca, permita que o amor seja o que há de mais sagrado em nós, permita que a familia seja sempre mais importante para ele, permita que eu possa vê-lo crescer e ter sua própria familia, permita que eu esteja sempre presente quando ele precisar, permita que eu tenha coragem senhor por ele para enfrentar tudo o que ser mãe exige".

Venha filho, te aguardo de braços e mãos estendidos, prontos para te receber e mostrar para você o quanto, apesar de tudo, é maravilhoso viver.
Leni Silva

Nenhum comentário: