sexta-feira, 11 de julho de 2008

O que me prende a esse amor...



O que me prende a esse amor que só eu sinto por você?
O que me faz sentir tanta dor por saber que nunca seremos eu e você?
O que me faz sentir tanta angústia quando recebes carinho de outras pessoas e eu não posso te dar o meu?
Sempre fui controlada no amor, sempre soube a quem me competia amar.
Sempre fui capaz de despertar e continuar. Com você eu não estou conseguindo.
O que me faz amar você? Já perguntei isso tantas vezes.
O que me faz amar você se nunca trocamos uma palavra? Se não sei nada de ti e você não sabe nada de mim?
O que eu vejo em seus olhos? O que eu vejo em sua alma?
O que me faz te amar tanto assim?
Tenho medo desse amor que eu sinto por você. Ele pode me destruir. Ele pode me magoar de uma forma que nunca fui antes. Tenho medo.
Eu me lembro exatamente do dia em que eu decide deixar de amar você.
Eu me lembro do momento exato em que isso aconteceu.
Tudo em vão, meu coração disse não.
Me peguei um dia desses dizendo alto seu nome na solidão do meu quarto, porque não posso chamar por você.
Fico horas olhando seu retrato, buscando consolo na tua imagem.
Sim, tenho uma foto sua, como não teria?
Apesar de não te conhecer sei do quanto é carinhoso, amigo, sincero, espontaneo e verdadeiro.
Talvez por saber de tuas qualidades fica mais dificil deixar de amar você.
Minhas amigas sabem de você e me pedem para esquecer. Sei que é isso que devo fazer, mas meu coração não deixa.
Invariavelmente, inevitavelmente em algum momento isso terá que acontecer, para que eu possa sobreviver, afinal passei minha vida fazendo isso, abdicando de meus amores.
Quando eu finalmente conseguir continuar sem você prezo ao meu coração ficará somente o vazio de um amor não vivido. Ficará só a tristeza de nunca ter compartilhado um momento com você, ficará só a tristeza de saber que eu nada significo para quem eu tanto amo.
Talvez depois de tudo isso a simples pronúncia do teu nome não me machuque tanto.
Talvez depois de tudo isso eu possa dizer: "posso continuar sem você em meu coração...".

LENI SILVA.

Um comentário:

Bruna disse...

te amo amiga lindaa